sábado, 15 de dezembro de 2012

Mais uma bizarrice: Raspar a cabeça por almas





,,,,,



Pastora Luciana raspando a cabeça como propósito para almas
Como diria o "poeta": Para a "igreja" que eu quero descer.Claro que quando digo "igreja" não me refiro a Igreja de Jesus mas as organizações religiosas que usam seu nome.
Devo admitir que este povo é criativo, quando a gente pensa que o estoque de bizarrices está esgotado, lá vem eles inventando uma nova.
Qual a base bíblica para tal ato? Já vi igrejas insistindo no cabelo crescido para mulheres, mas cabeça raspada, seja por qual propósito for, é novidade. Parece-me que Paulo no livro de Corintios ( e no contexto) lembra que cabeça raspada era coisa indecente, tipico das prostitutas da época e região.
E o que dizer do propósito de ganhar almas? Um propósito de ganhar almas parece digno de elogio, se bem que ganhar almas não competência nossa, a nós compete o ato de evangelizar. Mas um propósito deste deveria ser acompanhado de ação efetiva de ir, procurar as "almas" e levar a mensagem da cruz a elas.Rapar a cabeça foge totalmente deste propósito, parece coisa de doido. Que relação tem rapar a cabeça com ganhar almas? Seria a mesma coisa de querer fazer missão comendo abacaxis ou orar por enfermos estudando matemática.
O que doí é saber que esta mulher exerce liderança. Imaginem o que ele ensina ao povo, muitos, creio eu, famintos pela Palavra..Doí também ver o povo vendo este ato em êxtase  como quem esta sentindo o Espírito Santo presente, creio que alguém cheio do Espírito se levantaria e repreenderia esta palhada usando o nome de Deus.
Mas a "igreja" herética continua caminhando, tragando adeptos que fogem das escrituras e preferem o "mastigadinho" dos lideres e que colocam os sinais e sentimentos acima da palavra.
Triste....

(vi o vídeo primeiramente no grupo do Facebook da Rô Moreira postado por Katia Rabelo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário